quinta-feira, 14 de julho de 2011

Homos Adolescentus em férias


Quando li este belíssimo texto, que tive o previlégio de conhecer e opinar antes de ser publicado, lembrei-me, em oposição ao que se relata, deste desenho que fiz por estes dias, a que chamei homos adolescentus moderno, em férias. No desenho apenas está o inseparável telemóvel, mas em frente está a televisão e por perto o portátil. E, podia falar de muitas diferenças, de outras realidades, etc, mas deixo essa tarefa para outros.
Eu, apenas medito que ainda consigo levar quase todos os anos, os meus filhos mandar um mergulho no Recanto, que é uma parte do rio que corre pela minha aldeia

"O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
Quem está ao pé dele está só ao pé dele"

2 comentários:

Summer Sketchers disse...

muito bom, o homos adolescentus!

César Figueiredo disse...

Esta mensagem reflecte aquilo que acontece todos os dias. Muitas pessoas, elegem os telemóveis, os computadores (que apesar de portáteis...) e a televisão como companhia durante as férias. Muitos esquecem os amigos, a família, enclausuram-se dentro de quatro esquecendo a própria vida.
Problema, obesidade infantil (e não só), depressões...

Fica o convite, venham desenhar/fotografar comigo ou então, vão ao rio com o meu amigo Carlos que ele não se importará de companhia.