quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Experiências


Por coincidência, ou talvez não, depois de reencontrar os desenhos de Xavier Boutin, descobri perdidas numa gaveta, umas canetas de pincel que tinha comprado à muito, muito tempo e deste aí, sem uso. Felizmente a tinta não secou, porque gosto do traço.
No desenho, um avô à espera da saída da escola e dois alunos a descobrir o círculo cromático  

2 comentários:

Jacek Krenz disse...

Hi Carlos, I always like your vivid line!

Zé Carlos Mendes disse...

Excelentes apontamentos, muito naturais, característica que define o teu trabalho.